Como Calcular Estoque de Segurança no Excel 15 Comentários


Com problemas para controlar seu estoque e para garantir produtos que possam suprir a demanda? Você conhece o estoque de segurança? Aprenda a calcular este importante indicador utilizado na gestão de estoque utilizando o Microsoft Excel e obtenha uma exclusiva função personalizada para facilitar seu trabalho!

O que é estoque de segurança?

Estocar produtos é uma prática que visa garantir produtos a pronta entrega, o que significa que garantir que as vendas e transações não sejam perdidas. Em grandes negócios, a área responsável por este controle (normalmente nomeada de supply chain) sofre com a influência de vários fatores que podem ocasionar em falta de produto, e consequentes problemas na concretização de uma venda e, também, a insatisfação dos clientes.

Podemos ter problemas com falta de atendimento dos fornecedores da matéria prima, erros na previsão das vendas e demanda, perdas acidentais e eventos quaisquer que prejudicam a produção e fazem com que a empresa não tenha produtos para vender e entregar aos seus clientes. Portanto, é essencial que a empresa planeje e controle muito assertivamente os seus estoques.

No entanto, estoque em chão, parado, tem um custo pois é um capital inerte, que não se converteu em venda ainda. Isso motiva os gestores a reduzir seus estoques ao mínimo possível. O segredo reside em fazer uma boa previsão da demanda e calcular os estoques mínimos necessários, assim como o estoque de segurança.

O estoque de segurança é, como o próprio nome diz, apenas uma segurança e que não se deseja utilizar. Ele deve existir para suprir eventos adversos, inesperados e imprevistos, como um pico de venda não previsto, problemas com os fornecedores, acidentes que levam a perda de material, etc.

Variáveis do Estoque de Segurança

Para calcular o estoque de segurança, o profissional responsável deve considerar e compreender os fatores que podem afetar seu controle de estoque, são eles:

  • A demanda: Fazer uma boa previsão de demanda é, sem sombra de dúvida, um desafio para a maioria das empresas. Mas o que podemos saber de antemão, com alguma certeza maior, é se determinado produto tem uma alta variabilidade de demanda ou não, se é um produto sazonal, se prevê-se um determinado evento que pode impactar em seu resultado. Quando as vendas variam muito é difícil ter um bom coeficiente de assertividade no forecast de vendas e será necessário manter um estoque de segurança maior, e podemos avaliar e calcular isso, matematicamente falando, através do desvio padrão.
  • lead time (tempo de entrega): Podemos ter fornecedores que nos entregam em períodos com pouco variabilidade, e podemos ter entregas que variam muito, em dias. Se as entregas são feitas sem muito padrão e podem ser longos períodos ou baixos, variando sempre, será necessário igualmente, um estoque de segurança maior.
  • O nível de serviço desejado: Nível de serviço representa o percentual de probabilidade em que queremos atender a demanda, o que significa que, um percentual de 99% para o nível de serviço indica que de 100 vendas, 99 delas serão, provavelmente, atendidas prontamente pelo meu estoque. Em um controle de estoque não conseguiremos dar a mesma importância e atenção para todos os SKUs: imagine uma empresa com mais de 100.000 tipos de produtos! O nível de serviço pode ser menor para produtos com menor valor agregado, menor risco qualitativo ou aqueles que a empresa determinou de acordo com sua estratégia.

Calculando Estoque de Segurança com Excel

Baixe a planilha modelo disponível no final do artigo.

Para calcular o estoque de segurança no Excel você precisará obter os dados de demanda histórica, o dados tempo de entrega destes mesmos períodos e informar o nível de segurança desejado para este controle de estoque (de 1% à 99,99%), conforme abaixo:

estoq_seg1

Base de cálculo para estoque de segurança

Você pode observar que calculamos a média e o desvio padrão das duas séries, estes resultados serão utilizados para estimarmos nosso estoque de segurança.

O desvio padrão determina a variância da sua amostra, ou seja, quanto ela varia pra mais ou pra menos. Quanto maior a variabilidade dos dados, maior será o seu valor de desvio padrão e maior será o seu estoque de segurança.

Para calcular a média, utilize a fórmula =MÉDIA() nas células B15 e C16. Para calcular o desvio padrão utilize a fórmula =DESVPAD() nas células B16 e C16.

Abaixo, na linha seguinte, preencha o nível de serviço desejado e calcule o valor Z do nível de serviço, utilizando a fórmula =INV.NORMP(B17), na linha abaixo.

Com estes dados em mãos podemos calcular o estoque de segurança, que é representado pela seguinte fórmula matemática:

 estoq_seg2, onde z é o valor Z; d é a demanda média, σd é o desvio padrão da demanda, t é o tempo médio de entrega e σt é o desvio padrão do tempo de entrega.

No Excel, iremos utilizar a seguinte fórmula, para realizar o mesmo que o cálculo matemático acima: =B18*RAIZ(B16^2*C15+C16^2*B15^2)

Função Exclusiva para Cálculo

Se você achou muito complicado criar a fórmula acima, tente utilizar esta função exclusiva de ScientiaArca para calcular o estoque de segurança. Você precisará abrir o editor VBA no seu Excel, pressionando ALT+F11, no explorador à esquerda, clique com o botão esquerdo > “Inserir” > “Módulo”. Copie e cole o código abaixo:

Agora é inserir a função =ESTOQUESEG(demanda, tempo_entrega, nivel_servico), onde demanda e tempo de entrega referem-se às células que contém base de informação histórica destas variáveis, nivel_servico pode ser inserido diretamente na fórmula ou apontando para uma célula, da mesma maneira!

down_icon Download | Cálculo de Estoque de Segurança

Se gostou compartilhe clicando nos botões abaixo e participe deixando um comentário com críticas, sugestões, complementação etc!

 

11,248 total views, 16 views today


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 pensamentos em “Como Calcular Estoque de Segurança no Excel