Março tem o 1º superávit do ano, mas não basta


A queda de preços de petróleo e de minério de ferro foi tão grande que nem mesmo  o volume recorde de exportação desses produtos salvou  a balança comercial brasileira.

Apesar do superávit de US$ 458 milhões em março – o primeiro do ano – a conta de comércio exterior do País atingiu no primeiro trimestre do ano um déficit de US$ 5,557 bilhões, o segundo pior resultado para o período nos últimos 35 anos.

O Brasil nunca exportou tanto minério de ferro e petróleo como nos três primeiros meses do ano. Foram 79,3 milhões de toneladas de minério, alta de 10,5% em relação ao mesmo período de 2014, e 8,5 milhões de toneladas de petróleo, aumento de 87,8%.

Mas os preços despencaram 49,8% no caso do petróleo e de 50,7% no do minério de ferro. O resultado foi uma redução nos valores exportados de 5,8% e de 45,5%, respectivamente.

A queda dos preços das commodities também já prejudica a soja. O preço do grão caiu 21,2% nos três primeiros meses do ano em relação ao mesmo período de 2014. O Pais exportou 5,6 milhões de toneladas no mês, menos que os 6,2 milhões de março de 2014. (Agência Estado)

 Da Agência Estado, Correio Popular – 02/04/2015

Se gostou compartilhe clicando nos botões abaixo e participe deixando um comentário com críticas, sugestões, complementação etc!

339 total views, 1 views today

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *